terça-feira, 8 de novembro de 2011

O cravo bateu na rosa

O cravo bateu na rosa

Era uma vez a história de uma rosa
Que só queria encontra o seu cravo
E juntos viverem num jardim de sonhos

O seu sorriso aos poucos se transformou
Em lagrimas e a sua felicidade em tristeza
E o seu amor em dor

Ela que saiu da casa dos seus pais
Sorridente e feliz nos braços daquele rapaz
Jurando ao seu pai e a sua mãe
Que junto a ele viveria em amor
Harmonia e muita paz

Num certo dia bêbado e tão fora de si
O seu cravo belo se transformou
Numa coroa de espinhos
Daquele dia em diante aquilo passou
A fazer parte do seu cotidiano
A violência e a selvageria daquele homem
Cruel e tão leviano

A boca que nos tempos de outrora
Só sai palavras doces e gentis
Hoje a única coisa que ele só sabe
E deixar uma marca rocha no seu nariz

E quantas vezes o seu corpo a força ela entregou
Aquele homem nojento que no passado ela chegou
Até sentir um grande amor
E no seu presente o que ela sente
Por ele é desprezo, ódio e horror

Essa é a historia de muitas mulheres por ai
Os hematomas um dia sumirão
Más por dentro nunca vão sumir
Mesmo que a violência contra a mulher
Um dia tenha fim


Autor: GJC1985 – 07/ 11/ 2011

WWW.GJCPOESIAS.BLOGSPOT.COM





5 comentários:

  1. A historia do cravo e a rosa sempre foi uma historia infantil e cançoes de nina ate mesmo em livros mas na verdade ninguem nunca soube realmente oque era aquela historia tao triste mas nao imaginamos que o que aconteceu com a rosa era oque todos os dias senhoras domesticas sofrem mas nao viram cançoes muito menos final feliz esperamos que as rosas da modernidade. denuncia os cravos para almenos tentar acabar com essa historia de oror em sua propria residencia.

    ResponderExcluir
  2. Linda sua maneira de mostrar as coisas horríveis que vem acontecendo com muitas milheres...interessante seu protesto...Parabéns...

    ResponderExcluir
  3. oi!!! amei mesmo a história do cravo... beijos

    ResponderExcluir
  4. Entrei para retribuir a visita que me fizeste no max amigos e me deparei com um lindo blog. Certamente voltarei e olha.....parabéns!
    De forma poética, vc descreve a realidade de muitas mulheres, as quais viram seus sonhos, seus ideais se perderem num misto de tristeza, dor e frustração.
    Bjs!!
    Alice

    ResponderExcluir