quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Fruto proibido

Fruto proibido

Vem meu amor
Vem me amar
Você é o mais doce fruto
E dele eu quero provar

O meu mundo agora
Tornou-se uma colméia
Você é a minha abelha rainha
E eu o seu zangão
Quero provar do doce mel da tua boca
E te dar o meu coração

Você é o meu chamego
O meu chamego mais gostoso
O que eu mais quero e ter você de novo

O amor não é uma atração sexual
Porque o sexo sem amor é algo tão banal
Más os dois juntos é muito bom
E não tem nada igual

O que eu sinto por você me faz  
Me sentir como adão no paraíso
Deixei a minha Eva de lado
Só pra provar do seu fruto proibido
Porque você é tudo o que eu mais preciso

O meu coração é um jardim
E você é a minha mais bela flor
Que eu rego com tanto carinho
Com as águas que eu peguei
Da fonte do amor


Autor: GJC1985 – 10/ 11/ 2011

WWW.GJCPOESIAS.BLOGSPOT.COM


5 comentários:

  1. Alunas do Pastor Emilio Warwich Kerr , Yasmin Prado e Alessandra Alvez , 7ªC18 de novembro de 2011 09:55

    Muito bom esse poema,é a pura verdade de uma pessoa que realmente sente um mor verdadeiro e não vive em uma ilusão,continue assim,seu trabalho é otimo,muito sucesso a você !

    ResponderExcluir
  2. Alunas do Pastor Emilio Warwich Kerr , Yasmin Prado e Alessandra Alvez , 7ªC18 de novembro de 2011 10:01

    Correção: um amor*

    ResponderExcluir
  3. Alunas do Pastor Emilio Warwich Kerr , Yasmin Prado e Alessandra Alvez , 7ªC18 de novembro de 2011 10:03

    Correção ²:Muito boa essa poesia*

    ResponderExcluir
  4. eu achei bem legal essa poesia,é bem interessante

    ResponderExcluir
  5. Eu gostei muito desse, ele passa o sentimento, é realmente lindo !

    ResponderExcluir